Kaká pode ser operado do joelho amanhã

Meia do Milan será examinado no Rio, pelo médico José Luiz Runco, e, se sofrer a cirurgia, ficará fora dos amistosos contra Canadá e Venezuela

O Estadao de S.Paulo

22 de maio de 2008 | 00h00

Kaká poderá sofrer uma artroscopia no joelho esquerdo amanhã. O jogador do Milan será examinado no Rio pelo médico José Luiz Runco, da seleção brasileira. Caso seja necessário a cirurgia, o atleta vai desfalcar a equipe do técnico Dunga nos amistosos contra Canadá (dia 31) e Venezuela (dia 6 de junho), ambos nos Estados Unidos. Como é esperada uma recuperação rápida - cerca de 15 dias de repouso -, não está descartada a possibilidade de Kaká jogar pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 diante de Paraguai (dia 15 de junho), em Assunção, e Argentina (dia 18), em Belo Horizonte.DORES ANTIGASEleito o melhor jogador do mundo pela Fifa ano passado, quando liderou o Milan na conquista do título da Copa dos Campeões e do Mundial de Clubes, no Japão, Kaká vem sofrendo há tempo com dores no joelho. Ficou fora da equipe por alguns jogos no Campeonato Italiano e não conseguiu ajudar a garantir a participação do clube na próxima Copa dos Campeões. O time milanês terminou em quinto lugar no Italiano e vai ter de jogar a Copa Uefa.No domingo, logo após o último jogo do Campeonato Italiano, a diretoria do Milan anunciou que não iria deixar Kaká integrar a seleção olímpica do Brasil. Segundo os italianos, não existe a obrigação de liberar jogadores com mais de 23 anos. Dunga pode levar três jogadores nestas condições.Com a negativa do Milan de liberar Kaká, outros times europeus também anunciaram que não pretendem perder seus jogadores brasileros nas primeiras rodadas dos campeonatos nacionais. Na Espanha, o Real Madrid não quer saber de ver Robinho em ação nos campos chineses. O Werder Bremen também não considera a Olimpíada com o mesmo peso de uma Copa do Mundo e por isso não aceita ver Diego na lista de Dunga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.