Kaká renasce na vitória do Real sobre o Ajax

Brasileiro tem grande atuação, faz gol, participa dos outros dois e sai de campo especialmente feliz por não sentir dor

NYON, SUÍÇA, O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2011 | 03h01

Kaká reviveu ontem seus bons tempos. Com uma atuação de gala, fez um gol, o segundo, e participou dos outros dois nos 3 a 0 do Real Madrid sobre o Ajax, no Santiago Bernabéu, em Madri, pela Copa dos Campeões. Nos 75 minutos em que esteve em campo, correu, deu arrancadas, dividiu bolas. Em resumo, o brasileiro teve grande atuação.

"Gostei do jogo, pude aproveitá-lo. Não sinto dor, fisicamente estou bem'', disse o alegre Kaká após deixar o campo. "Hoje, como toda a equipe, fiz uma grande partida. Pouco a pouco vou mostrando coisas boas. Quero triunfar com o Real.''

Ontem, ele iniciou na defesa a jogada do primeiro gol, aos 25 minutos, numa jogada que a bola passou de pé em pé até a conclusão de Cristiano Ronaldo. Kaká marcou o seu aos 41, num chute sem defesa para o goleiro do time holandês. Aos 4 da etapa final, o brasileiro teve chance de marcar, mas preferiu servir com um leve toque Benzema, que estava melhor colocado: 3 a 0. "É uma boa vitória, que nos coloca bem no grupo. Queremos seguir assim'', disse o meia.

O Real Madrid lidera o Grupo D, com 6 pontos. O Lyon, que fez 2 a 0 no Dínamo de Zagreb, tem 4, na segunda posição.

Outro time que vem bem na competição é o Bayern de Munique. Ontem, em casa, passou fácil pelo Manchester City inglês: 2 a 0, gols de Mario Gómez no primeiro tempo. O Bayern comanda o Grupo A com 6 pontos, 2 a mais que o Napoli, que bateu o Villarreal também por 2 a 0.

Mas o outro time de Manchester, o United, passou por um sufoco inesperado. Em pleno Old Trafford, após abrir 2 a 0 sobre o Basel suíço, levou a virada - Frey marcou três vezes - e só chegou ao empate aos 45 minutos do segundo tempo graças a um gol de cabeça de Ashley Young.

O Manchester United tem apenas 2 pontos no Grupo C, atrás do Basel e do Benfica, que foi à Romênia e fez 1 a 0 no Otelul Galati. O gol foi o ex-corintiano Bruno César.

O Grupo B é liderado pelo Trabzonspor. O time turco chegou ao quarto ponto ao empatar com o Lille francês por 1 a 1. Pela mesma chave, a Inter de Milão obteve seus primeiros três pontos ao vencer, em Moscou, o CSKA por 3 a 2. Vágner Love fez um dos gols do time russo, lanterna da chave, com apenas 1 ponto.

Messi em ação. Hoje, o Barcelona tenta a primeira vitória na Copa dos Campeões - na estreia ficou no 2 a 2 com o Milan -, enfrentando o BATE Borisov, em Minsk, na Bielo-Rússia.

Messi é novamente a principal arma do Barça, e hoje pode se tornar o segundo maior goleador da história do clube, se marcar duas vezes. Chegará, assim, aos mesmos 194 gols do húngaro Kubala. Cesar Rodriguez é o maior artilheiro do Barça, com 235 gols.

Pelo mesmo grupo, o G, o Milan receberá os checos do Viktoria Plzen. E poderá ter como novidade a volta de Ibrahimovic.

Em outra partida interessante, o Valencia joga em casa contra o Chelsea, pelo Grupo F.

Resultados de ontem

CSKA 2 x 3 Internazionale

Real Madrid 3 x 0 Ajax

Lyon 2 x 0 Dínamo Zagreb

Otelul Galati 0 x 1 Benfica

Manchester United 3 x 3 Basel

Trabzonspor 1 x 1 Lille

Napoli 2 x 0 Villarreal

Bayern Munique 2 x 0 M. City

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.