Kaká se machuca e preocupa Milan

Lesão tira meia do jogo em que sua equipe é derrotada pela Sampdoria

Milão, O Estadao de S.Paulo

20 de março de 2008 | 00h00

A crise parece estar cada vez mais próxima do Milan. Depois de ser eliminado pelo Arsenal em pleno Estádio San Siro na Copa dos Campeões da Europa, há duas semanas, o time de Kaká e Alexandre Pato perdeu ontem mais uma vez em casa. Agora a derrota foi para a Sampdoria por 2 a 1 - gols de Maggio e Delvecchio para os visitantes e Paloschi para o time da casa - pelo Campeonato Italiano, resultado que coloca em risco a classificação da squadra milanista para a próxima edição da Liga dos Campeões. O Milan ainda corre o risco de ficar sem Kaká para as próximas partidas. O jogador saiu de campo com lesão na coxa esquerda no início do jogo - 9 minutos. No sábado, contra a Roma, o brasileiro já havia reclamado de dores nas costas e era dúvida para a partida de ontem. Além disso, o meia vem sofrendo com uma tendinite no joelho esquerdo que o tirou de algumas rodadas em 2008. Para alívio dos torcedores, a Fiorentina, concorrente direta na briga pela vaga na Liga dos Campeões, também perdeu: 2 a 0 para o Napoli. Assim, os milanistas permanecem na quinta colocação do Italiano com 46 pontos, a quatro da Fiorentina. A Inter também tropeçou. Com um a menos - Pelé foi expulso no primeiro tempo -, acabou cedendo o empate (1 a 1) para a Genoa, fora de casa. O gol do time de Milão foi do hondurenho Suazo. Borrielo igualou o placar. O resultado deixou a Inter, líder do Italiano, com 68 pontos, 7 à frente da Roma. O time da capital não aproveitou a escorregada da Inter e perdeu. No clássico contra a Lazio, a Roma sofreu um gol de Behrami nos acréscimos. Resultado: 3 a 2. Gols de Taddei e Perrota para a Roma e Pandev e Rocchi, além de Behramim, para a Lazio.Outros jogos: Cagliari 1 x 0 Atalanta, Catania 0 x 0 Siena, Empoli 0 x 0 Juventus, Livorno 1 x 1 Reggina, Parma 2 x 1 Palermo e Torino 0 x 1 Udinese.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.