Keila ganha 2º ouro dela nos Jogos Sul-Americanos

Dois dias depois do ouro no salto em distância, Keila Costa voltou a subir ao lugar mais alto do pódio nos Jogos Sul-Americanos, em Santiago, no Chile. A brasileira cravou 13,65 metros no salto triplo e faturou a medalha de ouro neste sábado. E a prova teve dobradinha brasileira com Gisele Oliveira (13,08m) no segundo lugar. A medalha de bronze ficou com a peruana Silvana Sanchez (13,07m).

NATHALIA GARCIA, Agência Estado

15 de março de 2014 | 19h38

Keila saiu da prova satisfeita por poder ajudar o Brasil no quadro de medalhas, mas esperava mais de seu desempenho. "O objetivo foi feito. Buscava mesmo as duas medalhas, de preferência de ouro, e eu cumpri. Mas as marcas não me agradaram no salto em distância nem no salto triplo", afirmou. Aplaudida pelo público ao final da apresentação no Estádio Nacional, a atleta também exaltou a empolgação dos chilenos.

A brasileira queimou quatro dos seis saltos e mostrou irritação durante a prova. Até parecia não acreditar quando via a bandeira vermelha. "Não estava queimando muito, estava beliscando a tábua. Isso me deixou um pouco brava, mas acontece. O importante é que deu ouro e deu dobradinha com a Gisele", explicou.

A segunda colocada também valorizou o resultado da prova. Em sua primeira competição desde que sofreu uma lesão na perna esquerda, um lugar no pódio foi motivo para Gisele Oliveira ganhar confiança. "Uma medalha de prata voltando de uma lesão é muito bom. Fiquei feliz de ter feito a dobradinha com a Keila, é sempre uma disputa sadia, somos muito amigas", comemora.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Sul-Americanosatletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.