'King Kong' chinês quer carregar a tocha olímpica

'Eu sou uma celebridade, dentro e fora da China', afirma Yu Zhenhuan, um dos homens mais peludos do mundo

REUTERS

31 de julho de 2007 | 10h29

Um dos homens mais peludos do mundo, que se auto-intitula "King Kong", lançou uma campanha para carregar a tocha Olímpica durante o seu trajeto pela China nos Jogos Olímpicos de Pequim no próximo ano, informou a agência de notícias Xinhua nesta terça-feira."A Olimpíada pertence a todos, às pessoas comuns e àqueles com anormalidades, inclusive", disse Yu Zhenhuan em sua casa na província de Liaoning no noroeste do país, segundo a Xinhua."Em primeiro lugar, eu sou uma celebridade, dentro e fora da China. Em segundo, acho que minha experiência em lidar com uma deformidade se relaciona com a noção do espírito olímpico", acrescentou.Pêlos cobrem 96% do corpo de Yu. Ele pode ser superado apenas por dois irmãos mexicanos: Victor "Larry" e Gabriel "Danny" Ramos Gomez, listados no Livro Guinness dos Recordes como tendo 98% de seus corpos cobertos por pêlos.Yu está sendo apoiado em sua tentativa por Xing Aowei, que ganhou uma medalha de ouro na ginástica para a China nos Jogos Olímpicos de Sydney em 2000. "Nele, eu vejo a perseverança e a coragem do povo chinês", disse Xing.Porém, os organizadores da Olimpíada de Pequim estão com uma postura "esperar para ver". "Nós recebemos bem celebridades que se inscrevem para se juntar ao trajeto da tocha", disse um porta-voz dos organizadores da Olimpíada. "Mas é difícil avaliar suas chances, já que o recrutamento é aberto a todos", acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Olímpicos 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.