PHILIPPE LOPEZ/AFP
PHILIPPE LOPEZ/AFP

Kittel vence segunda etapa seguida na Volta da França e Froome mantém liderança

Alemão assegurou o triunfo sobre o norueguês Edvald Boasson Hagen apenas através do photo finish

Estadão Conteúdo

07 de julho de 2017 | 15h06

Mais um dia de Volta da França e mais uma vitória de Marcel Kittel. Nesta sexta-feira, na sétima etapa da prova, não foi tão fácil quanto nas anteriores, mas ainda assim o alemão assegurou o triunfo sobre o norueguês Edvald Boasson Hagen apenas através do photo finish, o registro fotográfico da linha de chegada.

Esta foi a terceira vitória de Kittel nesta edição da Volta da França, sendo a segunda consecutiva. "Foi super, super perto", disse Kittel. "Quando há o photo finish, você fica com dúvidas. Eu tive sorte", acrescentou o agora dono de 12 vitórias na Volta da França, igualando Erik Zabel, o recordista alemão de triunfos na história da prova. Dono de três títulos da Volta da França, o britânico Chris Froome vai utilizar a camiseta amarela neste fim de semana. "Nada realmente grande aconteceu neste fim de semana", disse. "Os ciclistas da classificação geral estão pensando nas chegada das montanhas neste fim de semana".

O triunfo foi assegurado por Kittel com o tempo de 5h03min18 após um percurso praticamente plano de 213,5 quilômetros entre Troyes, a terra do champagne, e Nuits-Saint-Georges, no coração da Borgonha, região conhecida pela produção de vinhos, e que passou por Dijon, a capital da mostarda. O australiano Michael Matthews foi o terceiro colocado.

Assim como em outros estágios planos e de velocidade, houve uma fuga precoce, dessa vez de Manuele Mori, Yohann Gene, Dylan van Baarle e Maxime Bouet, que foram alcançados nos quilômetros finais pelo pelotão.

Boasson Hagen assumiu a liderança da equipe Dimension Data após o britânico Mark Cavendish abandonar a Volta da França por causa de uma fratura no ombro sofrida depois de receber uma cotovelada do eslovaco Peter Sagan, que foi excluído da competição por causa do seu ato.

A vitória ajudou Kittel a assumir a camiseta verde, destinada ao maior pontuador e que nas últimas cinco edições da Volta da França ficou com Sagan, ultrapassando o francês Arnaud Demare, que fechou a etapa desta sexta-feira na 11ª colocação.

Com um tempo total de 28h47min51, Froome manteve uma vantagem de 12 segundos na liderança para o também britânico Geraint Thomas, seu companheiro de equipe na Sky, e de 14 segundos para o italiano Fabio Aru.

Apesar disso, o britânico assegurou que a etapa desta sexta-feira não foi fácil, mas estressante. "Todo quilômetro você pensa sobre o que pode acontecer, o que pode mudar na prova. Se você vira à esquerda ou à direita ou se há vento. Era um dia para ficar na frente".

A oitava etapa da Volta da França será disputada neste sábado de Dole até a estação de esqui de Les Rousses, perto da fronteira com a Suíça, em um percurso de 187,5 quilômetros com três escaladas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.