Kléber Pereira deve ter aumento no Santos

O que ocorreria com o Santos se seu artilheiro e melhor jogador, Kléber Pereira, resolvesse aceitar uma das três propostas milionárias que diz ter recebido do futebol árabe? O atacante vem admitindo a possibilidade de ir embora nos últimos dias e afirma que um jogador como ele, com 33 para 34 anos, não pode deixar passar uma oportunidade como essa, e lembra que o futuro de pessoas de sua família depende dele. Ontem, o diretor de futebol, Adílson Durante Filho, confirmou que o presidente Marcelo Teixeira, que vai tentar a quinta reeleição em dezembro, agendou reunião com o irmão e procurador do artilheiro, Daniel Pereira, para rescindir o contrato atual e fazer um novo, com término em dezembro de 2010 e salário corrigido. "Mantivemos contato com Daniel, vamos nos reunir na próxima semana para escutar o que ele tem a dizer. Nossa intenção é prorrogar o contrato do jogador. O que há de certo é que Kléber Pereira não vai deixar o Santos", assegurou Durante Filho. Ele lembrou que ao renovar o contrato do jogador no ano passado, o clube estipulou pesada multa para transferências internas e, se for para o exterior, é de US$ 70 milhões, segundo Teixeira, o que torna quase impossível uma negociação até para o futebol árabe. "Não sei o que está acontecendo. Deve mesmo existir convite pela qualidade do jogador. É normal que surjam interessados. Como já disse, Kléber Pereira é certeza de gol", afirmou o técnico Márcio Fernandes. Anteontem o atacante fez os dois gols da vitória santista sobre o Guaratinguetá por 2 a 0, na Vila, na estreia do time no Campeonato Paulista. "Sabemos de sua importância e o presidente (Marcelo Teixeira) também. Por isso, tenho certeza de que ele vai ficar", completou o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.