Kléber Pereira e a ''proposta irrecusável''

Kléber Pereira repetiu três vezes, ontem cedo, na sua primeira entrevista após ter renovado contrato com o Santos até dezembro de 2009, uma frase: ''Recusei uma proposta irrecusável do Corinthians.'' Ele não revelou os valores, mas confirmou o encontro que teve com Antônio Carlos, gerente de futebol do Corinthians, numa pizzaria de Santos, na semana passada, um dia depois de ter acertado a renovação com o Santos e na véspera de assinar novo contrato.''A proposta do Corinthians, que já era muito boa, foi melhorada. Era irrecusável mesmo, mas não quis voltar atrás no que tinha acertado com o Santos, que sempre teve a minha preferência'', disse o atacante. ''Foi o que eu disse à diretoria do Corinthians.''''Pelo documento que assinou com o Santos e que tem validade até 31 de dezembro de 2009, Kléber Pereira não poderá jogar por nenhum outro clube brasileiro. ''Essa é uma das cláusulas, mas há outras. Não é meu pensamento agora voltar a jogar no exterior'''', disse o jogador. ''Mas, se aparecer alguma coisa especial, o Santos receberá uma compensação e vai me liberar'', contou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.