Laila leva o nome Ali de volta ao Madison Square Garden

Laila Ali, filha de Muhammad Ali, luta neste sábado no lendário ringue do Madison Square Garden, em Nova York, onde há 35 anos seu pai foi protagonista de uma das maiores lutas de todos os tempos, ao perder, por pontos, para Joe Frazier. Aos 28 anos, Laila está invicta, com 22 vitórias, e defende o título mundial da categoria supermédios diante de Shelley Burton.Filha do terceiro casamento de Ali, Laila não conviveu com o pai. Morou com a mãe, desde os oito anos, quando os pais se divorciaram. ?Eu sempre fui a menina da mamãe, não a garota do papai?, admitiu a pugilista. Pressionada pelas perguntas constantes dos jornalistas durante a entrevista coletiva, Laila disse que estava ?excitada? por lutar no Madison Square Garden, mas não por causa de seu pai. ?Não me sinto motivada em lutar só porque meu pai fez história aqui, mas sim porque aqui é o Madison Square Garden", explicou.Laila x Burton será a principal preliminar de Wladimir Klitschko x Calvin Brock, quando estará em jogo o cinturão dos pesados da Federação Internacional de Boxe. ?Quero mostrar a Ali (Muhammad não confirmou, mas deve ir à noitada no Madison Square Garden) quem é o melhor peso pesado da atualidade?, disse Klitschko, de 30 anos, 108 quilos, que tem 46 vitórias e três derrotas. Brock, de 31 anos, 101 quilos, está invicto: soma 29 vitórias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.