Lais Souza se diz melhor e pede que torcida por ela continue

Brasileira tem uma rotina diária de sessões de fisioterapia para se recuperar do grave acidente que sofreu em janeiro

Agência Estado

13 de março de 2014 | 15h37

MIAMI - Há uma semana na unidade de reabilitação de lesões musculares do Jackson Memorial Hospital, nos Estados Unidos, a ex-ginasta Lais Souza segue focada na sua rotina diária que visa a recuperação do grave acidente que sofreu em janeiro, enquanto esquiava em Salt Lake City.

Nesta quinta-feira, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) avisou a imprensa que não será possível atender os diversos pedidos de entrevistas feitos pelos órgãos de comunicação. Ao invés disso, divulgou uma declaração de Lais, que agradece a força enviada pelos brasileiros que torcem pela sua recuperação.

Primeiramente gostaria de agradecer a torcida e o carinho de todos que estão rezando por mim. Estou me sentindo melhor e preparada para encarar o que vem pela frente. Continuem torcendo. Beijos", pediu Lais, em declaração divulgada pela assessoria do COB.

Acompanhada dos médicos Barth Green e Antonio Marttos Jr., este último funcionário do COB, Laís tem uma rotina diária que inclui sessões de fisioterapia motora, ocupacional, respiratória e acompanhamento de psicologia, além de adaptação à cadeira de rodas elétrica.

Tudo o que sabemos sobre:
Lais Souzaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.