Lakers vão à final e Nenê, do Denver, fratura braço

Mais uma vez a genialidade de Kobe Bryant fez a diferença a favor do Los Angeles Lakers. O ala deixou todos boquiabertos no ginásio do Denver Nuggets, anteontem à noite. Anotou 35 pontos e deu 10 assistências na vitória de seu time sobre os anfitriões, por 119 a 92, fechando a série melhor de sete em 4 a 2 e garantindo o título da Conferência Oeste e vaga na decisão da NBA pelo segundo ano seguido. Além de ver o sonho de chegar à grande final pulverizado, o pivô brasileiro Nenê Hilário fraturou o braço esquerdo. Deve ficar fora de combate por até um mês e pode ter comprometida sua participação pela seleção brasileira na Copa América, de 26 de agosto a 6 de setembro, em Porto Rico. Contra os Lakers, nos 34 minutos em que permaneceu em quadra, Nenê marcou oito pontos, deu uma assistência e pegou um rebote."Não pudemos fazer nada ante a inspiração de Bryant", reconheceu George Karl, técnico do Denver. "Sei que não jogamos bem, mas, quando quisemos reagir no período decisivo, prevaleceu a genialidade de Kobe."Já o técnico do Lakers, Phil Jackson, tentará vencer a NBA pela 10ª vez. E o tricampeão Kobe Bryant terá nova chance de buscar seu quarto anel.

, O Estadao de S.Paulo

30 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.