Thao Nguyen/AP
Thao Nguyen/AP

Lance Armstrong descarta novo retorno ao ciclismo

Atleta justifica aposentadoria com aumento das responsabilidades familiares e limitações físicas do tempo

AE-AP, Agência Estado

16 de fevereiro de 2011 | 10h58

O ciclista Lance Armstrong anunciou sua aposentadoria do esporte pela segunda vez nos últimos seis anos, e disse que desta vez não haverá regresso. Quase um mês depois de ter finalizado em 65º lugar a sua última competição, na Austrália, e quase seis anos depois de seu sétimo e último título da Volta da França, o ciclista de 39 anos deixou bem claro que não vai mudar de opinião. "Nunca diga nunca", disse Armstrong, rindo, durante uma entrevista. "Estou brincando", completou em seguida.

Sua aposentadoria encerra um retorno que não produziu um oitavo título nem reduziu os rumores de que havia usado substâncias ilegais na sua carreira. A sua decisão tem relação com o aumento das responsabilidades familiares e as limitações físicas do tempo. Armstrong se declara cansado, fisicamente e de ser acusado.

"Não posso dizer que me arrependo de nada. Foi uma excelente carreira. Realmente pensei que ia ganhar outra Volta da França", disse Armstrong, que retornou em 2009, quatro anos após sua primeira aposentadoria. "Então comecei como todo mundo e terminei em terceiro [em 2009]". "Não me arrependo de nada, tampouco do ano passado", completou, apesar de ter ficado em 23º lugar na Volta da França de 2010. "Os acidentes, os problemas com a bicicleta, foram coisas que não podia controlar".

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoLance Armstrongaposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.