Lance Armstrong faz retorno discreto ao Tour de France em evento de caridade

O ciclista norte-americano Lance Armstrong, que caiu em desgraça após um escândalo de doping, fez um retorno discreto ao Tour de France nesta quinta-feira, quando o sobrevivente de um câncer deu largada a um evento de caridade que acompanha o trajeto da corrida deste ano.

ANTHONY PAONE, REUTERS

16 de julho de 2015 | 11h15

Dezenas de jornalistas compareceram ao estacionamento de um supermercado no sul francês para ver a partida do atleta de 43 anos rumo à cidade de Rodez, mas não havia fãs para receber o texano.

Armstrong, que perdeu seus sete títulos do Tour, conquistados entre 1999 e 2005, depois de admitir o uso de doping, que negou durante anos, está participando do evento "One Day Ahead", realizado por Geoff Thomas.

O ciclista uniu forças a Thomas, ex-jogador da seleção inglesa de futebol, e a uma equipe de amadores cuja meta é arrecadar um milhão de libras (1,56 milhão de dólares) para a instituição Cure Leukaemia percorrendo de bicicleta as duas etapas diárias da prova um dia antes de o pelotão oficial de competidores começar a corrida.

Indagado sobre o tipo de acolhida que estava esperando dos fãs franceses, Armstrong disse: “Não sei... só sei que isto é um frenesi. Mas comparar esta experiência com um jantar em Toulouse na noite passada com pessoas do local, é muito diferente”.

“As pessoas sempre são muito legais, eu respeito e agradeço isso e é um prazer estar aqui”.

Embora Armstrong esteja indo para Rodez, o pelotão do Tour de France irá enfrentar um trecho montanhoso extenuante que culmina com uma escalada ao Platô de Beille, a 12ª etapa da prova.

Tudo o que sabemos sobre:
CICLISMOARMSTRONGTOURDEFRANCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.