Divulgação
Divulgação

Larissa e Talita vão à semifinal e se garantem na Olimpíada do Rio

Dupla conquistou o primeiro lugar no ranking brasileiro 

Estadão Conteúdo

28 Agosto 2015 | 13h49

Acabou a corrida olímpica do vôlei de praia feminino e Larissa/Talita é uma das duplas que vai representar o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio, no ano que vem. As veteranas avançaram nesta sexta-feira à semifinal do Grand Slam de Olsztyn, válido pelo Circuito Mundial de Vôlei de Praia, e, com a eliminação de Ágatha/Bárbara Seixas nas quartas de final, já não podem ser ultrapassadas no ranking criado pela Confederação Brasileira de Vôlei de Praia.

Pelos critérios adotados pela CBV, vai ao Rio-2016 a dupla primeira colocada nessa corrida, que inclui os resultados de nove eventos. Cada time pode ter dois descartes. Ainda que na semana que vem sejam campeãs no Open do Rio, evento-teste da Olimpíada, que vai valer pontuação igual a de um Grand Slam, Agatha e Bárbara Seixas podem chegar no máximo a 4.480 pontos, uma vez que têm 360 a descartar.

Larissa e Talita, classificadas para a semifinal na Polônia, garantiram ao menos os 560 pontos destinados à dupla quarta colocada em um Grand Slam. Com os 4.040 pontos que somaram em seis eventos anteriores, vão a pelo menos 4.600. Mas ela já ganharam quatro etapas na temporada e vão atrás do quinto título.

Acabou pesando contra Ágatha/Bárbara a decisão da CBV de não considerar os pontos do Campeonato Mundial, uma vez que nesta competição, diferente das demais do Circuito, só quatro duplas brasileiras poderiam participar. A ideia era não prejudicar quem ficou de fora do torneio, mas só os time que jogaram o Mundial se destacaram na corrida.

Ao que tudo indica, entretanto, as campeãs mundiais deverão estar na Olimpíada. A segunda vaga no Rio-2016 será definido por critério técnico e Ágatha/Bárbara é indiscutivelmente a segunda melhor dupla do País. Mesmo sem computar o Mundial, elas têm 4.040 pontos, contra 3.320 de Juliana/Maria Elisa. Além disso, lideram o ranking mundial com relativa folga.

A última esperança de Juliana/Maria Elisa era o título na Polônia, mas elas pararam na repescagem, derrotadas por Kessy/Day, dos EUA, por 2 a 1 (21/19, 15/21 e 15/13). As americanas avançaram para enfrentar Larissa/Talita e levaram um baile: 2 a 0, com duplo 21/13.

Na semifinal, mais um passeio das brasileiras, que venceram Valjas/Broder, do Canadá, também por 2 a 0, desta vez com parciais de 21/16 e 21/15. Enquanto isso, Ágatha/Bárbara Seixas perdia para Meppelink/Van Iersel, da Holanda, por 2 a 0 (21/17 e 24/22).

Antes, as campeãs mundiais haviam vencido o duelo brasileiro contra Maria Clara/Carol, por 2 a 0 (21/18 e 21/19). Fernanda Berti/Taiana parou na repescagem, diante de Zumkehr/Heidrich, da Suíça, por 2 a 0 (19/21, 21/17 e 15/8)

CONFIRA COMO ESTÁ A CORRIDA OLÍMPICA:

Larissa/Talita - 800 + 800 + 360 + 800 + 480 + 800 = 4.040 (sem computar os pontos de Olsztyn)

Ágatha/Bárbara - 480 + 480 + 720 + 800 + 480 + 720 + 360 = 4.040

Juliana/Maria Elisa - 360 + 240 + 800 + 720 + 480 + 360 + 360 = 3.320

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.