Lars Grael quer voltar ao iatismo

Lars Grael está disposto a fazer uma grande transformação em seu corpo para voltar a fazer o que mais gosta: competir em provas de iatismo. Nesta quinta-feira, o secretário nacional de Esportes esteve na capital, onde fez exames no Instituto de Avaliação Física do Esporte. O objetivo era saber se poderia voltar a atuar depois de três anos e meio afastado por causa do acidente náutico que causou o amputamento de sua perna direita e pelos compromissos na secretaria, que deixará no fim do ano. Segundo o médico e fisiologista que acompanhou os exames, Renato Lotufo, Lars manteve a capacidade cardíaca necessária para disputar regatas. O campeão olímpico na classe Tornado, diz que a vitória sobre o irmão, o campeão olímpico Torben Grael, na Semana Pré-Olímpica da Classe Star, em março, foi decisiva. ?Quero voltar a fazer o que gosto: competir e a classe Star é a única onde eu poderia atuar?, diz Lars, que não vai usar prótese. Ele não fala em disputar uma vaga olímpica no futuro ? teria de competir com o irmão e Marcelo Ferreira ? mas integrar a equipe olímpica permanente é um objetivo. O preparador físico José Rubens D?Elia afirma que Lars vai passar por uma adaptação física para competir apoiado em uma perna. ?Um velejador exige muito das pernas e do abdome. No caso de Lars, vamos trabalhar para que parte do esforço seja absorvido pelos braços.? Brasileiro ? Lars participa, a partir desta sexta-feira, do Campeonato Brasileiro da classe Star, no Yacht Clube de Santo Amaro. Torben, Ferreira e Robert Scheit também participam do evento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.