Lars Grael vence regata pré-olímpica e Scheidt é quinto

Os principais velejadores brasileiros começaram nesta quarta-feira a disputa da regata pré-olímpica, que renderá aos vencedores o apoio da Confederação Brasileira de Vela e Motor (CBVM) para os Jogos Olímpicos de 2012. No Lago Paranoá, em Brasília, Lars Grael e Ronaldo Seifert levaram a melhor na classe Star, na qual Robert Scheidt e Bruno Prada ficaram na quinta posição.

AE, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2010 | 21h09

Após a vitória na única regata disputada nesta quarta - o vento não ajudou e impediu a realização das demais -, Lars comemorou o bom início. "Tudo deu certo para a gente. Acertamos tudo e por isso conseguimos abrir boa vantagem e a vitória", comentou Lars, que viu seu irmão Torben Grael e Marcelo Ferreira ficarem com o quarto lugar.

Já Scheidt e Prada, que competem apenas para manter o ritmo, já que têm vaga garantida na equipe que receberá o apoio da CBVM, reclamaram dos juízes. "Estávamos na linha certinha de largada e, na minha visão, uns oito barcos largaram escapados", disse Scheidt. "Os juízes não determinaram nenhuma punição e acabamos ficando bem atrás."

A regata pré-olímpica segue até o próximo domingo, quando serão definidos os primeiros colocados de cada classe que receberão o apoio da CBVM. Para a competição ter validade, devem ser realizadas ao menos quatro regatas nos cinco dias de competição. Caso sejam disputadas entre seis e oito, os velejadores terão direito a um descarte - acima de oito, serão dois descartes.

Tudo o que sabemos sobre:
velaRobert ScheidtLars Grael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.