François Mori/AP
François Mori/AP

Leandro Guilheiro celebra sonho realizado ao vencer em Paris

Judoca venceu o georgiano Levan Tsiklauri na categoria até 81 quilos; 'É um dos dias mais felizes da minha vida'

AE, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2010 | 18h06

A medalha de ouro conquistada no Grand Slam de Paris, neste domingo, foi muito comemorada pelo meio-médio (até 81 quilos) Leandro Guilheiro. Segundo revelou o judoca brasileiro, vencer na capital francesa era um de seus sonhos ainda não realizados.

"É um dos dias mais felizes da minha vida. Só lutei em Paris uma vez, em 2004, e era um sonho de infância vir aqui e vencer", afirmou o judoca, que elogiou o comportamento do público francês. "Na França eles entendem de judô e gostam de ver golpes como uchimata, seoi...".

Guilheiro enalteceu ainda o georgiano Levan Tsiklauri, adversário na luta decisiva. "Ele se defendia muito bem e cada vez que eu entrava um golpe ele se virava como um gato e não caia", afirmou o brasileiro, que disputou quatro de suas seis lutas com o maxilar deslocado.

Treinador da seleção masculina, Luiz Shinohara elogiou o bom desempenho de Guilheiro. E ressaltou também o bronze conquistado por Tiago Camilo na categoria até 90 quilos. "Especialmente Leandro e Tiago foram muito bem. O mais importante não foram as medalhas, mas sim a forma como eles lutaram. E, mais do que isso, o fato de terem visto pontos onde ainda podem evoluir", avaliou.

Tudo o que sabemos sobre:
judôLeandro Guilheiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.