Yves Herman/REUTERS
Yves Herman/REUTERS

Leandro Guilheiro vai à semifinal no Mundial de judô

Brasileiro terá judoca de Montenegro como primeiro adversário na fase decisiva

Wilson Baldini Jr., Agência Estado

25 de agosto de 2011 | 08h22

PARIS - O brasileiro Leandro Guilheiro está na semifinal da categoria meio-médio (até 81 quilos) do Mundial de Judô, em Paris. Vice-campeão no ano passado, o judoca de Santos vai buscar uma vaga na final a partir das 10h30 (horário de Brasília) contra o montenegrino Srjdan Mrvaljevic.

Guilheiro estreou nesta quinta-feira com uma vitória sobre o colombiano Pedro Castro. A luta foi truncada com os dois lutadores sofrendo punições. No final, o brasileiro venceu por wazari (três punições do rival).

No segundo duelo, o mesmo panorama. O iraniano Nejad Ghasemi não quis saber de combate, só agarrou o brasileiro, sofreu três punições e perdeu por wazari após cinco minutos.

A terceira vitória foi ainda mais emocionante. Diante do francês Alain Schmitt, a vaga nas quartas de final só veio com uma decisão dos jurados no golden score. Foram oito minutos de disputa bastante equilibrada.

Diante de Sergiu Toma, da Moldávia, o brasileiro conseguiu um yuko e levou a vantagem até o fim para garantir presença nas semifinais do Mundial de Judô.

Adversário de Guilheiro, Mrvaljevic venceu três de seus quatro duelos do dia por ippon. Passou pelo britânico Eun Burton, pelo coreano Min Gyu Kim, pelo representante do Tajiquistão Farlod Rahimov e pelo ucraniano Artem Vasylenko. Na outra semifinal estarão em ação o coreano Jae Bum Kim e o francês Loici Pietri.

Flávio Canto, também entre os meio-médios, caiu na terceira luta. O carioca não teve problemas para passar pelo mexicano Karim Rezc. Com uma chave de braço, venceu com somente 1minuto e 33 segundos de combate. O segundo duelo foi ainda mais fácil. Somente 23 segundos e nova chave de braço sobre o ucraniano Vitali Dudchyk. Porém, o brasileiro não teve forças diante do russo Ivan Nifontov e perdeu por um wazari e um yuko.

No feminino, durou apenas 1 minuto e 50 segundos a participação da peso meio-médio Mariana Silva. Ela sofreu uma chave de braço da austríaca Hilde Drexler e foi eliminada na categoria meio-médio (até 63 quilos). Ela foi a única brasileira em ação nesta quinta-feira em Paris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.