Legião africana invade a São Silvestre

A 81ª edição da São Silvestre terá nada menos que 20 corredores da África. Acostumados a invadir as provas européias e norte-americanas, eles virão para a corrida do dia 31 com representantes de Etiópia, Burundi e Quênia.Além do atual bicampeão Robert Cheruiyot, o queniano que é 11º colocado no ranking mundial da IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo), ainda estão confirmados mais dois ?top 50? no masculino ? Patrick Ivuit (13º) e Salim Kipsang (34º) ? e uma ?top 100? no feminino ? Margaret Karie (78ª).Do Quênia vêm Patrick Ivuit, bicampeão da Meia Maratona de Stramilano em 2000 e 2001 e vice-campeão da Meia Maratona de Fortis Roterdã neste ano, Salim Kipsang, vencedor da Maratona de Paris em 2005, e Wilson Kiprotich, campeão da Stramilano em 2005 e terceiro colocado na Meia Maratona de Lisboa de 2005.Além deles, outro destaque africano é o etíope naturalizado australiano Sisay Bezabeh, vice-campeão da São Silvestre no ano passado.Entre as mulheres, os nomes principais são a etíope Bizunesh Bekele, campeã da Meia Maratona de Fortis Roterdã e integrante da equipe de seu país no Mundial de Ekiden, no Japão, e a queniana Rose Cheruiyot, finalista dos 5.000 m nos Jogos Olímpicos de Sydney/2000.E são vários os africanos que já estão competindo e treinando no Brasil há cerca dois meses: os quenianos Lawrence Kiprotich, bicampeão da Volta da Pampulha e vencedor da 10K Rio, Elijah Yator, vencedor da Meia da Bahia, Charles Korir, ganhador da SP Classic, Rugut Nahashon, campeão da 39ª Gonzaguinha, Mathew Cheboi, ganhador da Corrida de São Sebastião, além de John Kiprotich, David Chepkwony, Peter Kiplagat e Cyrus Karaton.Das mulheres, já estão aqui as quenianas Margaret Karie, vencedora da Maratona de São Paulo e da 10K Rio em 2005, Anne Bererwe, campeã da Meia Maratona de Toledo e Volta da USP, e Josephine Kimayio, vice na 10 km Círio. Anesie Kwizera, do Burundi, campeã da SP Classic e da 39ª Gonzaguinha, completa a relação de africanas.A São Silvestre terá 15 mil atletas inscritos. São 13 mil na prova masculina e 2 mil na feminina. A premiação total é de R$ 110 mil.A programação da prova começa às 15 horas, com a largada dos atletas especiais. A corrida para as mulheres tem início às 15h15 e a masculina, às 17 horas. Haverá transmissão ao vivo da TV Gazeta e da Rede Globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.