Marco Tacca/AP
Marco Tacca/AP

Lenda do esqui, Lindsay Vonn se despede do esporte com bronze no Mundial

Com pódio, norte-americana se tornou a primeira mulher a conquistar medalhas em seis Mundiais diferentes

Redação, Estadão Conteúdo

10 de fevereiro de 2019 | 12h42

Atleta mais vitoriosa da história do esqui alpino, Lindsey Vonn se despediu do esporte neste domingo, e da mesma forma que passou boa parte da carreira: com medalha. No Mundial da modalidade, que está sendo realizado em Are, na Suécia, a norte-americana faturou o bronze na prova de descida livre.

A medalha veio apenas cinco dias depois de Lindsey sofrer uma dura queda na modalidade super-G. E o bronze foi ainda mais simbólico porque aconteceu em Are, exatamente o mesmo lugar onde ela conquistou seus primeiros grandes resultados na carreira: duas pratas no Mundial de 2007.

"Eu coloquei o máximo na prova. Isso era tudo o que eu queria hoje", declarou a atleta. "Eu tenho que admitir que me senti um pouco nervosa, provavelmente mais nervosa do que eu jamais me senti na vida. Eu muito queria terminar bem."

Lindsey terminou a prova atrás somente da campeã Ilka Stuhec, da Eslovênia, e da segunda colocada Corinne Suter, da Suíça. Com isso, ela se tornou a primeira mulher a conquistar medalhas em seis Mundiais diferentes e subiu no pódio pela oitava vez na competição - são dois ouros, três pratas e três bronzes.

"Estou muito feliz por ter encerrado bem. Estou feliz por ter tanta gente aqui. Queria que minha mãe, meu irmão e minha irmã pudessem estar aqui, mas metade da família está, então tudo bem. Eu me doei ao máximo. Acenei para a torcida uma última vez", comentou a norte-americana.

 
Mais conteúdo sobre:
esqui

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.