Lenílson conquista o terceiro ouro

Na prova mais charmosa do atletismo, os 100 m, Vicente Lenílson (Brasil Telecom/Botucatu), que tem vaga para o Mundial de Helsinque, assim como Cláudio Roberto Souza (BM&F), foi o mais rápido: 10s23. André Domingos, da mesma equipe, fez 10s29, e Jorge Célio Sena (Ulbra/Brasil Telecom), completou o pódio com 10s34. Foi a terceira medalha de ouro de Lenílson neste Troféu Brasil: venceu os 200 m e o revezamento 4X100 m."Estou feliz porque disse ao meu filho que venceria as três provas. Não é todo dia que se consegue isso", disse, exibindo a foto de Pedro - que está com 24 dias -, que carrega na mochila.Vicente só esteve com o filho por cinco dias. Ficará mais dois meses sem vê-lo porque irá para a Europa na sexta-feira, participar de alguns meetings. Ainda antes do Mundial, vai a Cali, na Colômbia, para o Sul-Americano, entre 24 e 27 de julho.Neste domingo, Lenílson anunciou que não competirá os 200 m na Finlândia - ele e André Domingos têm vaga na prova. "Corri os 200 m para marcar pontos para a equipe. A prioridade é os 100 m."A vaga de Lenílson está em aberto e dois atletas a disputam: Basílio Emídio (BM&F) e Bruno Pacheco (Brasil Telecom/Botucatu).André Domingos foi o segundo nos 100 m e não gostou: "Minha largada foi horrorosa. Não estava concentrado." Ele não tentará o índice dos 100 m para o Mundial: "Estou melhor nos 200 m. E vou me concentrar nessa prova."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.