Lesão igual tira Arouca e Elano: 2 jogos

ESPECIAL PARA O ESTADO

Sanches Filho / SANTOS, O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2011 | 00h00

As lesões de Arouca e Elano são mais graves do que pareciam. Os dois apresentam o mesmo problema: edema no músculo posterior da coxa esquerda. Com isso, desfalcam o meio-campo santista contra o Internacional, amanhã à noite, em Porto Alegre, e no próximo domingo, diante do Botafogo, na Vila Belmiro.

Após exames de diagnóstico por imagem, os responsáveis pelo departamento médico do clube estipularam um tratamento com duração de sete a 10 dias.

Já Ibson, que se recupera de lesão no músculo adutor da coxa esquerda, só deve ser liberado para treinar dentro de 15 dias.

O belo gol de Ganso no clássico com o São Paulo foi visto como a prova definitiva de que o camisa 10 está voltando a recuperar seu melhor futebol. O mais entusiasmado é o presidente do clube, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro. "Aos poucos, o Ganso está desabrochando e tenho certeza de que vai ser decisivo em dezembro, no Mundial de Clubes, no Japão", vibrou o dirigente. "O problema dele é só de recuperação física, o que é comum diante das contusões que sofreu."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.