Paulo Duarte/AP
Paulo Duarte/AP

Lesionado, Falcao García diz que é cedo para pensar em Copa

Atacante do Mônaco se recupera de uma lesão no joelho desde janeiro

Agência Estado

31 de março de 2014 | 15h45

MADRI - Passados pouco mais de dois meses do dia em que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo, o atacante Falcao García segue sua rotina de recuperação, sonhando com uma vaga na seleção colombiana que virá ao Brasil para disputar a Copa do Mundo em junho. Apesar de se dizer otimista, o jogador mantém os pés no chão e admitiu que ainda é cedo para pensar nesta possibilidade.

Falcao sabe que se conseguir voltar a campo a tempo de disputar a Copa seria um "caso especial", como ele mesmo definiu. "Estamos muito otimistas sobre a resposta do joelho, mas hoje é muito prematuro dizer se vou ou não estar na Copa do Mundo. Há muitos dias pela frente até a decisão final", comentou, em entrevista ao jornal espanhol Marca.

O atacante sofreu a contusão no dia 22 de janeiro, durante o duelo de seu Monaco contra o Chasselay pela Copa da França. A previsão inicial era de seis meses sem atuar, o que o tiraria da Copa do Mundo, mas o jogador mantém a confiança de se recuperar a tempo e promete fazer de tudo para vir ao Brasil.

"Eu vou fazer tudo que for possível pra ir, eu daria tudo e seria o ideal, mas a primeira preocupação é estar bem, me recuperar bem. Eu não posso permitir que meu desejo e o do meu país de estar no Brasil afetem o estado do meu joelho", comentou.

Sem criar grandes expectativas, Falcao se limita a fazer uma análise positiva de sua recuperação até o momento. "Estou me sentindo muito bem, a resposta do meu joelho na primeira fase de recuperação foi positiva. Não tive nenhum problema e consegui trabalhar bem. Estou curando rapidamente."

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014Falcao García

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.