Libertadores? Ansiedade de Elano é pelo retorno à Vila

Elano está ansioso, e não é pela estreia santista na Libertadores. Ele conta os minutos para voltar a jogar, seis anos depois, na Vila Belmiro, estádio que lhe trás boas recordações.

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

11 de fevereiro de 2011 | 00h00

"Uma foi no jogo contra o Atlético-MG no Brasileiro de 2003. Estávamos perdendo por 2 a 0 e o Leão (técnico) me escalou de centroavante. Fiz dois gols e empatamos o jogo", lembra, referindo-se ao empate por 3 a 3 de agosto de 2003. "Outro jogo que eu lembro sempre foi aquele contra o Grêmio, pelas semifinais do Brasileiro de 2002."

A última partida na Vila ocorreu em 30 de janeiro de 2005, no empate de 1 a 1 com a Portuguesa Santista. Ele está com saudades. "O adversário se sente pressionado. O torcedor fica mais perto e para o nosso time tem o lado bom e o ruim. A gente sente o apoio do torcedor, mas também ouve se for xingado."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.