Líder do ranking, Guilheiro perde e só tem chance de bronze no judô

Atleta brasileiro caiu nas quartas de final na categoria meio-médio e vai disputar repescagem pra tentar medalha

PEDRO FONSECA, Reuters

31 de julho de 2012 | 09h16

Leandro Guilheiro, dono de duas medalhas olímpicas de bronze no judô, foi derrotado nas quartas de final da categoria meio-médio (até 81kg), nesta terça-feira, e não tem mais chances de disputar a medalha de ouro. O judoca, no entanto, ainda pode conquistar mais um bronze.

Guilheiro, que subiu ao pódio nos Jogos de Atenas-2004 e Pequim-2008 numa categoria abaixo da atual, não conseguiu anotar nenhuma pontuação na luta contra o norte-americano Travis Stevens, que venceu por um wazari.

Líder do ranking mundial de seu peso, Guilheiro era uma das maiores apostas do judô brasileiro para os Jogos de Londres. Ele agora vai disputar a repescagem e, se vencer, terá a luta pelo bronze contra o perdedor de uma das semifinais. O primeiro desafio do brasileiro na repescagem será contra o japonês Takahiro Nakai.

Ele iniciou sua campanha na Olimpíada com duas vitórias, contra o marroquino Safouane Attaf, por ippon, e contra Konstantinis Ovchinnikovs, da Letônia, que foi punido com um yuko por falta de combatividade.

No feminino, a brasileira Mariana Silva, que não tinha expectativa de medalha, foi derrotada logo em sua estreia na categoria até 63kg pela chinesa Lili Xu.

O judô brasileiro já conquistou duas medalhas em Londres, o ouro na categoria até 48kg para mulheres com Sarah Menezes, o primeiro feminino da história, e um bronze com Felipe Kitadai, na categoria até 60kg.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPJUDOGUILHEIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.