André Lessa/AE
André Lessa/AE

Liedson oferece golaço ao ídolo

Atacante encobre goleiro Rafael e define o triunfo em jogada semelhante à de Ronaldo na decisão de 2009, na Vila Belmiro

FÁBIO HECICO, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2011 | 00h00

Fim do segundo tempo. Liedson domina e dá a cavadinha para encobrir o goleiro Rafael e fazer 3 a 1 no Santos. O gol de cobertura trouxe à lembrança do corintiano a decisão do Campeonato Paulista de 2009, na Vila Belmiro, quando Ronaldo recebeu de Elias e encobriu o goleiro Fábio Costa para também garantir uma vitória pelo mesmo placar no clássico.

Substituto do Fenômeno no Corinthians, Liedson não teve dúvidas a quem dedicar seu mais belo dos cinco gols na volta ao Parque São Jorge. "Fica a homenagem para o Fenômeno. Sou fã incondicional do Ronaldo e só posso desejar-lhe os parabéns por tudo. Essa vitória nós oferecemos a ele nessa despedida maravilhosa", disse Liedson, neste domingo com a camisa 90. Numa tarde dedicada a Ronaldo, todos levaram o número 9 na camisa, abaixo da frase "pra sempre fenômeno."

Foi o terceiro jogo de Liedson no Pacaembu em seu retorno ao Corinthians. Até agora ele ostenta a impressionante marca de cinco gols. Em sua primeira passagem, o atacante já havia marcado 18 vezes em 16 jogos.

Modesto, ele não admite ser apontado como herói. "A união faz a força. Não podemos citar um ou outro, o mérito é de todos e também do treinador que mexeu bem na equipe", afirmou. "Foi uma prova de que nosso grupo é forte."

O Corinthians já havia vencido o clássico com o Palmeiras, por 1 a 0 e, desde a saída da Libertadores, somou quatro vitórias e um empate, levando só um gol.

Outro radiante após o clássico era o lateral-esquerdo Fábio Santos. Ao ganhar chance entre os titulares, fez dois gols e já fala em suprir, com qualidade, a saída de Roberto Carlos. "Vou fazer tudo para substituí-lo à altura."

Dentinho, de volta ao time titular e decisivo ao sofrer o pênalti do 2 a 1, também fez questão de enaltecer a força do grupo. "Nossa equipe entrou bastante confiante, marcou bem. Hoje (domingo) foi espetacular. O Santos não viu a cor da bola", disse.

Sobre o amigo Neymar, brincou bastante, principalmente com o cabelo. "Mais feio que o do Liedson... O que é aquilo?", emendou. "Sei que ele é um excelente jogador, mas confio bastante nos meus zagueiros, que deram conta do recado. E mais, ele segue me devendo um jantar."

Veja também:

linkFábio Santos diz que Corinthians reconquistou confiança

linkJOGO - Leia como foi Corinthians 3 x 1 Santos

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time

blog Antero Greco - Corinthians combativo vence Santos cauteloso

linkTite escala equipe com três atacantes: ousadia premiada

linkNeymar evita culpar cansaço após derrota

linkRonaldo é homenageado pela torcida do Corinthians

linkFábio Santos revela que pediu para bater o pênalti

mais imagens Galeria - O clássico Corinthians 3x1 Santos

mais imagens Galeria - A despedida de Ronaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.