Johnny Milano/The New York Times
Johnny Milano/The New York Times

Liga Americana de Beisebol recria cenário do filme 'Campo dos Sonhos' em jogo com Kevin Costner

Ator fez participação especial em partida no estado de Iowa homenageando o longa. Produção completa 32 anos

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2021 | 16h32

O filme ‘Campo dos Sonhos’, estrelado pelo ator Kevin Costner, é um clássico americano. Como forma de homenagear a produção, que estreou há 32 anos, a MLB, Liga Americana de Beisebol, marcou um jogo em um campo de milho em Dyersville, cidade no estado de Iowa, onde se passa a história de Ray, o protagonista do filme.

Os times escolhidos para o evento especial foram obviamente o Chicago White Sox e o New York Yankees, as equipes presentes na ficção criada por W.P. Kinsella. A partida foi equilibrada e teve um final hollywoodiano, com o White Sox vencendo o duelo com um home-run decisivo na parte de baixo da nona entrada. Fogos de artifícios celebraram o momento. 

No entanto, a parte mais interessante do jogo ficou por conta da produção feita pela MLB para replicar fielmente o filme. Antes do confronto, Costner fez uma participação especial ‘surgindo’ da plantação de milho e levou os times ao ‘Campo dos Sonhos’, com o placar original da película sendo ecoado pelos alto-falantes. 

Na sequência, o ator pegou o microfone e se dirigiu à plateia de oito mil pessoas. “Trinta anos atrás, do outro lado daquele milho, nós filmamos um filme que resistiu ao teste do tempo”, disse. Ele concluiu seu discurso com uma fala bem conhecida do longa. “Há provavelmente apenas uma questão para responder: Isso aqui é o céu? Sim, é. O campo é para os jogadores. Boa sorte hoje.”

A cada corrida marcada, o placar foi alterado manualmente, e quem assistiu ao filme certamente reconheceu o cenário montado pela liga em volta do estádio. O ‘The Field of Dreams Game’ (Jogo do Campo dos Sonhos, na tradução) vem sendo programado há vários anos, mas a pandemia do coronavírus e problemas logísticos impediram a realização do evento até agora.

Na obra, o agricultor Ray escuta uma voz misteriosa durante à noite vindo de seu milharal. A mensagem era clara: “Se você construir, ele virá.” Apoiado por sua mulher e sentindo a necessidade de obedecer à voz, o protagonista constrói um campo de beisebol. Depois, os fantasmas de grandes jogadores começam a aparecer no campo para jogar.

O líder do grupo era “Shoeless Joe”, famoso jogador do Chicago White Sox que foi banido da liga em 1919 acusado de ter facilitado a vitória do Cincinatti Reds na World Series (a decisão do beisebol). Seu apelido vem da história de que ele retirou os sapatos em determinado jogo. Durante a trama, Ray busca um autor recluso para compreender por que construiu aquele campo e quais eram os significados das mensagens que recebeu. 

No Brasil, o longa estreou em 1990, ano em que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme. Entre tantas indicações, a produção levou o Prêmio da Academia Japonesa de Cinema para Melhor Filme em Língua Estrangeira. 

Tudo o que sabemos sobre:
beisebolKevin Costnercinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.