Divulgação
Divulgação

Lili e Carol Horta superam queda na semi e são bronze na praia

Brasileiras derrotaram dupla canadense por 2 sets a 0

MARCIO DOLZAN, Enviado Especial a Toronto, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2015 | 17h33

A dupla Lili/ Carolina Horta conquistou o bronze no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Na tarde desta terça, elas derrotaram as canadenses Melissa Paredes e Taylor Pischke por 2 sets a 0, parciais de 21/9 e 21/14.

No primeiro set, a dupla brasileira precisou de apenas 16 minutos para vencer por 21 a 9. Para isso, contou com bom aproveitamento nos ataques e nos saques de Carol. "Eu apenas assisti e aplaudi ela", brincou Lili após a partida. O segundo set foi um pouco mais equilibrado, mas a dupla brasileira ficou o tempo inteiro à frente e também venceu sem maiores sobressaltos.

"Foi o jogo que a gente jogou mais solta, mais feliz, com menos pressão, e por isso pareceu ser tão fácil", comentou Carol. "Esta medalha representa o ouro. O ouro que a gente tanto quis, que veio desde o começo focadas nele, mas infelizmente a gente tropeçou na semifinal contra as argentinas. A gente fez desta disputa do terceiro lugar nossa medalha de ouro, e acho que foi o nosso melhor jogo de toda a competição."

Lili e Carol passaram a atuar juntas há apenas três meses, formam a sexta principal dupla do País (outras cinco estão no Japão disputando o Circuito Mundial), mas mesmo assim entraram como um das favoritas a levar o ouro no Pan. Na semifinal, porém, perderam para as argentinas Ana Gallay e Georgina Klug por 2 sets a 1.

"A gente estava se pressionando bastante. Não por pressão de nervosismo, mas sim porque a gente queria muito esse ouro. A gente sabia que era uma das favoritas, ficamos muito focadas e a gente não relaxou, a gente se pressionou muito", revelou Carol.

A dupla agora fala em crescer juntas, mas elas já deram adeus à corrida olímpica. "A gente está fazendo um trabalho a longo prazo. A gente sabia que aqui a gente seria cobrado, porque é Brasil. Mas só a gente sabe do nosso caminho, só a gente sabe que a gente está começando um trabalho em que temos muito a crescer ainda", destacou Lili.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosvôlei de praia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.