Divulgação
Divulgação

Lindsey Vonn quebra marca histórica no Esqui Alpino

Estadunidense se torna a atleta com mais títulos de etapas da Copa do Mundo da modalidade, com 63 medalhas de ouro

Estadão Conteúdo

19 de janeiro de 2015 | 12h40

Lindsey Vonn fez história nesta segunda-feira na Copa do Mundo de Esqui Alpino. A norte-americana se tornou a atleta com mais títulos em etapas da competição, com 63 medalhas de ouro, ao vencer a disputa feminina do Super-G em Cortina d''Ampezzo, na Itália.

No último domingo, Vonn havia igualado a marca de 62 ouros da lenda austríaca Annemarie Moser-Pröe ao vencer a disputa do downhill. Agora, com o triunfo desta segunda-feira, com o tempo de 1min27s03, ela se tornou a maior vencedora da história da Copa do Mundo de Esqui Alpino.

Porém, 21 das 63 vitórias de Vonn, incluindo a desta segunda-feira, aconteceram no Super-G, uma disputa que não existia quando Moser-Proell competia. Além disso, foram 32 triunfos no downhill, três no slalom gigante, dois no slalom e cinco na prova combinada.

De qualquer forma, a marca alcançada pela norte-americana marca uma recuperação na sua carreira no esqui alpino. Afinal, Vonn ficou afastada das competições por um ano e meio em razão de um acidente ocorrido no início de 2013, o que a deixou de fora da Olimpíada de Inverno de Sochi, em 2014.

Vonn, ao que parece, porém, está completamente recuperada, como mostrou ao alcançar o recorde de vitórias na Copa do Mundo de Esqui Alpino. Além desse feito, ela possui duas medalhas olímpicas, uma de ouro e outra de bronze, ambas obtidas nos Jogos de Inverno de 2010, em Vancouver, e cinco medalhas em Mundiais, sendo duas de ouro e três de prata.

Tudo o que sabemos sobre:
esqui alpinoLindsey Vonn

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.