Lochte derruba 1º recorde individual sem maiô hi-tech

Ryan Lochte colocou seu nome na galeria dos melhores de 2010. Ontem, ao vencer os 400 m medley, o americano se tornou o primeiro atleta a bater um recorde mundial individual na era pós-maiôs tecnológicos. Superou o percurso em 3min55s50, baixando a marca do húngaro Laszlo Cseh em 2 segundos.

, O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2010 | 00h00

"Recordes mundiais são apenas recordes e eles devem ser quebrados. É uma questão de tempo", disse o nadador. "Mas acho que sou sortudo, já que o meu veio primeiro."

Anteontem, o revezamento feminino 4 x 200 metros nado livre da China conseguiu superar o primeiro recorde mundial com as novas vestimentas. Após Lochte, os russos do 4x 200 metros livre também melhoraram o recorde mundial da prova.

Os maiôs tecnológicos, que permitiam uma maior flutuabilidade dos nadadores, foram proibidos em 1º de janeiro deste ano. Criados em 2008 - o primeiro foi o LZR Racer, da Speedo -, ajudaram a superar 255 recordes mundiais nesse período.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.