Londrina faz festa e carreata para o astro

Ronaldinho tem recepção de superastro na cidade paranaense, onde teve o primeiro contato com o grupo e Luxemburgo

Thiago Mossini, O Estado de S.Paulo

14 de janeiro de 2011 | 00h00

Uma recepção digna de superastro. Foi assim a chegada de Ronaldinho Gaúcho a Londrina, onde se juntou ao elenco flamenguista ontem. O contato com a torcida, que lotou o saguão do aeroporto, não estava previsto, mas o jogador quebrou o protocolo e tentou retribuir o carinho. A seu lado estavam Thiago Neves, também recém-contratado pelo clube, e a presidente Patrícia Amorim.

O craque desembarcou às 17 horas e um ônibus já o esperava dentro da pista. Do lado de fora, ao menos 200 pessoas aguardavam pelo menos um sinal do ídolo. Foi então que ele decidiu descer do ônibus, junto de Thiago Neves, para acenar aos torcedores, que romperam o cordão de isolamento e partiram para cima do atleta. Uma senhora ganhou um abraço do jogador, que voltou rapidamente ao ônibus.

O veículo foi escoltado por viaturas da Polícia Militar, da Guarda Municipal e por dezenas de carros de torcedores. Nem mesmo a forte chuva impediu a carreata rubro-negra pelas ruas de Londrina, que parou para receber a nova estrela rubro-negra.

Em seguida, Ronaldinho chegou ao CT SM Sports, onde o Flamengo faz a pré-temporada, e se apresentou a Vanderlei Luxemburgo, que comandava um treino tático. O meia-atacante fez exercícios físicos na academia e correu ao redor do gramado.

Foi seu primeiro trabalho com a camisa rubro-negra, seguindo à risca as determinações de Luxemburgo. O treinador garantiu que o ex-jogador de Grêmio, PSG, Barcelona e Milan não terá privilégios na Gávea. Pelo menos no primeiro treino, teve seu desejo atendido.

O Flamengo faz treinamento em Londrina há quase duas semanas. No domingo, a equipe enfrentará o América-MG, às 17 horas, no Estádio do Café, sem Ronaldinho e Thiago Neves. O craque gaúcho não participará do jogo, mas dará o pontapé inicial e será homenageado pela prefeitura. Há onze anos, Ronaldinho também passou um período em Londrina. No início de 2000, defendeu a seleção brasileira - comandada na ocasião por Luxemburgo - no Torneio Pré-Olímpico, realizado na cidade.

A estreia do Flamengo no Carioca será quarta-feira contra o Volta Redonda, no Engenhão.

COINCIDÊNCIA

11

anos atrás Ronaldinho esteve em Londrina para a disputa do Pré-Olímpico. Curiosamente, o técnico também era Luxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.