Longe de Toronto, Hortência comemora medalha do filho

'Não estou aguentando de tanta emoção', escreveu em rede social

Estadão Conteúdo

12 de julho de 2015 | 19h13

Integrante de um programa de debates do canal SporTV, a Rainha do Basquete não pôde estar presente, em Toronto, na conquista da quarta medalha pan-americana da família Marcari. Mas Hortência não deixou de comemorar o bronze conquistado pelo primogênito, João Victor, que subiu ao pódio no adestramento por equipes.

"Gente, não estou aguentando de tanta emoção. Meu filho acaba de ganhar medalha de bronze por equipe no adestramento. Estou explodindo de tanta alegria. Um garoto muito jovem no seu primeiro Pan e já nos enche de orgulho. Parabéns, meu filho querido, você é ouro para mim. Parabéns para toda a equipe", escreveu Hortência na sua conta no Instagram.

O garoto, de 19 anos, fez parte também da conquista da medalha de prata dos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996. Quando grávida dele, a Rainha de Basquete chegou a se aposentar do esporte. Voltou, ainda amamentando-o, para levar o Brasil a uma prata histórica. João Victor era o xodó do time.

Hortência também começou sua coleção de medalhas com um bronze, em Caracas, em 1983. Depois faturou prata em Indianápolis e ouro em Havana. O garoto, entretanto, já se deu melhor que a mãe: ganhou medalha logo no primeiro Pan. A Rainha do Basquete passou em branco na sua estreia.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanoshipismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.