Lorenzo vai operar e ficará fora de prova da MotoGP

A Yamaha anunciou nesta sexta-feira que Jorge Lorenzo vai ficar fora da etapa da Alemanha da MotoGP, que será realizada neste domingo no circuito de Sachsenring, após sofrer uma forte queda durante os treinos livres desta sexta-feira. Apenas duas semanas depois de quebrar a clavícula esquerda em Assen, na Holanda, o espanhol sofreu danos na placa de titânio no ombro esquerdo neste novo acidente, o que obrigará a realização de uma nova cirurgia.

AE, Agência Estado

12 de julho de 2013 | 13h28

Após liderar o primeiro treino livre, Lorenzo perdeu o controle de sua moto na saída da curva 10 da pista de Sachsenring e caiu com força sobre a sua clavícula. O acidente chegou a interromper brevemente o treino, pois o piloto ficou caído no meio da pista, antes de ser atendido pela equipe médica do circuito.

O espanhol precisou ser levado até o centro médico do autódromo alemão. No local, os primeiros exames indicaram que os oito parafusos colocados no seu ombro para segurar os fragmentos da clavícula, operada horas antes de o piloto participar da etapa da Holanda, seguem intactos. Porém, a placa de titânio fixada no procedimento cirúrgico tinha sido dobrada pelo impacto no asfalto.

Assim, Lorenzo vai voltar para Barcelona, onde será operado. "Eu decidi ir para casa e me recuperar após o acidente de hoje em Sachsenring", disse Lorenzo, de acordo com o comunicado divulgado pela Yamaha. "Eu prefiro me concentrar na cirurgia para corrigir a placa que, infelizmente, foi dobrada durante o acidente. Vou tentar recuperar e estar de volta o mais rápido possível", completou.

Ainda não está definido se Lorenzo terá condições de participar da etapa dos Estados Unidos da MotoGP, marcada para o dia 21 de julho, no circuito de Laguna Seca. O espanhol ocupa a segunda colocação no campeonato com 127 pontos, nove atrás do compatriota Dani Pedrosa.

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGPetapa da AlemanhaJorge Lorenzo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.