Márcio Fernandes/AE - 3/11/2010
Márcio Fernandes/AE - 3/11/2010

Lotus Renault espera Kubica e estuda Senna, Liuzzi ou Heidfeld

Escuderia pensa em alternativas ao piloto polonês para disputar a temporada 2011 da Fórmula 1

AE, Agência Estado

08 de fevereiro de 2011 | 17h02

ROMA - A Lotus Renault quebrou o silêncio nesta terça-feira e, pela primeira vez desde domingo, quando Robert Kubica sofreu grave acidente correndo uma prova de rali na Itália, falou sobre nomes para substituir o polonês no cockpit do carro.

Em entrevista ao site IVG.it, dedicado a notícias da região italiana onde Kubica está internado, o chefe da equipe, Eric Boullier, afirmou que Bruno Senna, Vitantonio Liuzzi e Nick Heidfeld são os nomes estudados para ocupar o posto de Kubica enquanto o polonês se recupera do acidente.

"Estivemos cerca de 15 minutos com Robert e vimos que ele está muito bem. Obviamente ele quis saber os planos da equipe para esta temporada. Vamos procurar o substituto de Kubica. Os nomes em questão são Senna, Liuzzi e Heidfeld. O time está próximo a Robert, o esperamos de braços abertos e aguardamos que ele possa voltar até o fim da temporada", declarou Boullier.

Bruno Senna seria o substituto natural de Kubica, já que é o primeiro reserva da Lotus Renault. O italiano Liuzzi surpreendeu na temporada passada, terminando o campeonato com 21 pontos pela Force India, mas perdeu seu posto na equipe indiana para o britânico Paul di Resta. Já o experiente alemão Nick Heidfeld só disputou as cinco últimas corridas de 2010, pela BMW Sauber, fazendo seis pontos.

Boullier fugiu da polêmica de comentar a conivência da Renault em permitir que Kubica corresse de rali. "Foi uma escolha de Robert, que queria correr a todo custo e a Renault o autorizou. Agora vamos esperar o tempo de recuperação do nosso piloto", concluiu.

Nesta terça-feira, Kubica também recebeu a visita de seu companheiro de equipe, o russo Vitaly Petrov, que, perguntado sobre quem seria o substituto ideal do polonês, respondeu de bate-pronto: "Kubica".

De acordo ainda com o IVG.it, o presidente da Renault, Gerald Lopez, deverá visitar Kubica no hospital na quarta-feira.

Veja também:

linkEm evolução, Kubica fará nova cirurgia

linkLesões e futuro incerto chocam Kubica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.