Luciano Corrêa é prata e Tiago Camilo fica com bronze

Na categoria até 100 kg, brasileiro perde a por um waza-ari à final contra o sul-coreano Hee-Tae Hwang

AE, Agencia Estado

31 de maio de 2009 | 12h32

O judoca brasileiro Luciano Corrêa conquistou neste domingo a medalha de prata no Grand Slam de Moscou, na Rússia. Na categoria até 100 kg, ele foi à final contra o sul-coreano Hee-Tae Hwang, mas acabou perdendo por waza-ari. Também na competição russa, o Brasil levou mais um bronze, com Tiago Camilo, que pela primeira vez competiu em sua nova categoria, até 90 kg.

Após a derrota na final, Corrêa comentou a conquista da prata em Moscou. "Desde as Olimpíadas dei um tempo para me recuperar e tive um bom começo de temporada. Mas não quero que essa medalha esconda as minhas deficiências. Estou com a caderneta aberta, anotando tudo o que tenho que melhorar se quiser me classificar para o Mundial da Holanda, em agosto", disse o judoca, que somou 240 pontos no ranking mundial com o resultado.

Tiago Camilo, que foi medalhista de bronze em Pequim, mas ainda na categoria até 81 kg, perdeu por ippon para Andrei Kazusionak, da Bielo-Rússia, na semifinal da disputa. Ainda representando o Brasil em Moscou, apenas Eduardo Santos ficou próximo de conseguir mais uma medalha. Ele foi eliminado nas quartas de final pelo japonês Takashi Ono.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.