Luís Fabiano exalta conexão perfeita com Kaká

Atacante chega a três gols, mas prefere manter discurso de união do que falar na disputa pela artilharia do Mundial

Milton Pazzi Jr., O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2010 | 00h00

ENVIADO ESPECIAL

JOHANNESBURGO

O terceiro gol marcado nesta Copa do Mundo deixou Luís Fabiano aliviado. E cada vez mais claro, para ele, o que lhe é ideal neste momento: que o time adversário jogue mais aberto e que, principalmente, o meia Kaká esteja em campo.

Ele fala até em uma "conexão mística" com o meio-campista, com quem ficou brincando no banco após ambos serem substituídos. "Se [A BOLA]chega melhor (com o Kaká em campo) eu não sei, só sei que é uma conexão perfeita, sempre ele está tocando e eu posicionado para receber a bola. Isso é resultado de um entendimento que vem de muito tempo", explicou o atacante.

Tática e tecnicamente, Luís Fabiano espera que as próximas partidas sejam como a contra os chilenos, ontem. "Geralmente, quando o adversário joga atacando o Brasil, a gente cria oportunidades, a bola chega e hoje foi assim", disse.

"Na primeira grande oportunidade, pena que não aproveitei. Torcia para que fosse assim no duelo contra Portugal, jogo aberto, de muitas oportunidades, mas estou feliz pelo gol de hoje, por ajudar o time. Estamos crescendo no momento certo", afirmou.

Briga pela artilharia. Mais uma vez modesto, Luís Fabiano negou que esteja pensando em ser o goleador do torneio, mesmo diretamente na disputa. "Meu pensamento hoje não é artilharia. Estou feliz pela classificação, jogamos muito bem e criando oportunidades", desconversou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.