Divulgação
Divulgação

Luis Fabiano tenta acelerar recuperação no São Paulo

Jogador completa nesta terça um mês afastado dos gramados após estiramento na coxa

Bruno Deiro, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2012 | 03h06

SÃO PAULO - Um dos primeiros do São Paulo a se machucar, da série de lesões que tem minado o elenco neste início de ano, Luis Fabiano completa nesta terça-feira um mês afastado dos gramados. O atacante, cujo prognóstico inicial era ficar três semanas de molho, segue sem previsão de retorno e tenta se recuperar a tempo de pegar o Independente, do Pará, no dia 7, na estreia do time na Copa do Brasil.

Nesta segunda, ele correu na esteira pela primeira vez desde que sofreu o estiramento na coxa direita no dia 28 de janeiro, no Morumbi, contra o São Caetano. O atacante será avaliado ao longo desta semana para saber se terá condições de retomar o trabalho no campo, para só então voltar a treinar com bola.

Nos 11 meses de sua segunda passagem pelo Morumbi, Luis Fabiano esteve em ação, efetivamente, por pouco mais de dois meses. Disputou apenas 15 partidas e marcou 8 gols. No ano passado, foram pouco mais de seis meses de espera desde a apresentação até a reestreia pelo clube, no início de outubro.

Reserva punido. Com 8 gols em seis jogos como titular, Willian José tem surpreendido na função de substituir o Fabuloso, mas ontem foi punido pelo TJD com dois jogos de suspensão por ter sido expulso na vitória sobre o Paulista (3 a 1). O São Paulo, porém, vai tentar efeito suspensivo para que Willian enfrente o Guaratinguetá, quinta-feira, no Morumbi. João Filipe e Paulo Miranda, que também foram julgados por expulsões, escaparam de punição e estão liberados.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCLuis Fabiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.