Luiz Alberto de Araújo fatura índice olímpico no decatlo

Depois de dez provas disputadas em dois dias, Luiz Alberto de Araújo pôde, enfim, comemorar. O paulista de Artur Nogueira conseguiu neste sábado a classificação para a Olimpíada de Londres em uma das provas mais complexas do atletismo - o decatlo. Esse foi o segundo índice olímpico do Troféu Brasil, que termina neste domingo, na pista do Ibirapuera, em São Paulo.

AMANDA ROMANELLI, Agência Estado

30 de junho de 2012 | 17h36

Luiz Alberto somou 8.276 pontos, superando o índice olímpico em 113 pontos. A marca também é o novo recorde sul-americano, superando em 10 pontos o resultado de Pedro Ferreira, obtido há 25 anos.

O estádio Ícaro de Castro Mello dá sorte ao decatleta que, no Troféu Brasil do ano passado, conseguiu o índice para o Mundial de Daegu, na Coreia do Sul. "Aqui é a minha casa", disse Luiz Alberto, da BM&F Bovespa. O torneio sul-coreano foi a sua primeira grande competição. Na ocasião, Luiz Alberto só não teve um melhor resultado porque teve um problema na disputa do salto em distância. Mesmo assim, acabou em 10.º lugar.

Para chegar ao índice, Luiz Alberto melhorou duas de suas marcas pessoais. Bateu os recordes no salto com vara (4,90m) e nos 1.500 metros (2min27s75), justamente a última prova das dez que disputou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.