Lula garante que estádios da Copa não terão verba

Fiel ao seu estilo "despachado na hora de brincar, boca-dura na hora de falar sério", o presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu, em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, que nenhum centavo de verba federal será investido na construção de estádios para abrigar a Copa do Mundo de 2014, a ser disputada no Brasil, ao contrário do observado no Pan do Rio, quando o atraso nas obras obrigou o governo a agir.Segundo o relatório final do Tribunal de Contas da União (TCU), o orçamento previsto inicialmente para o Pan, de cerca de R$ 390 milhões, superou a cifra de R$ 3,3 bilhões por falta de planejamento adequado. Detalhe: todo o montante saiu dos cofres públicos. Houve investimentos de prefeitura, Estado e União. A fórmula, de acordo com Lula, não se repetirá na Copa. O governo investirá, garante, em benfeitorias nas cidades escolhidas para receber jogos.O presidente falou duro sobre a possibilidade de o Brasil organizar a Olimpíada de 2016, frisou o papel de liderança na América do Sul a ser assumido pelo País no esporte, e aproveitou para, torcedor corintiano que é, palpitar sobre Ronaldo. A entrevista, feita em Brasília, vai ao ar amanhã, às 22h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.