Luna Rossa lidera na Louis Vuitton

O veleiro italiano Luna Rossa (Prada) assumiu a liderança da série melhor-de-sete das semifinais da Copa Louis Vuitton, ao superar nesta quarta-feira, por 20 segundos, o norte-americano OneWorld na segunda regata da série. Apesar da vitória na regata de terça-feira, o OneWorld está em desvantagem - foi punido com a perda de um ponto pelo Painel de Arbitragem da competição por espionagem.O tempo chuvoso e a pouca visibilidade nesta quarta-feira, no Golfo de Hauraki, dificultaram a disputa. O OneWorld levou vantagem sobre o Luna Rossa nas quatro primeiras pernas da regata. Então, o comandante Francesco de Angelis e o tático brasileiro Torben Grael decidiram afastar-se do adversário, escolhendo o lado esquerdo do percurso em busca de ventos mais constantes. Deu certo. No fim da quinta perna, a desvantagem de 38 segundos havia se transformado em vantagem de 28 segundos. "Foi uma regata bastante difícil", reconheceu Grael. "Já ficou claro que os barcos são muito semelhantes e as semifinais serão disputadíssimas. Teremos de fazer sempre o nosso melhor."Na outra semifinal da Louis Vuitton, o suíço Alinghi somou a segunda vitória sobre o norte-americano Oracle BMW. A equipe tirou proveito do conhecimento do local da disputa pelo comandante Russel Coutts e do tático Brad Butterworth, que lideraram os neozelandeses campeões da America?s Cup em 1995 e 2000, para vencer o adversário por 29 segundos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.