Lusa bate o São Caetano e sobe para o terceiro lugar

A Portuguesa aproveitou a chance de alcançar provisoriamente o grupo dos quatro melhores classificados no Campeonato Paulista e venceu o São Caetano por 1 a 0, ontem à noite, em São Caetano do Sul. O jogo foi equilibrado e muito disputado, principalmente no meio-de-campo, com poucos chutes a gol. Mas aos 37 minutos do segundo tempo, em um contra-ataque, Fellype Gabriel - que substituiu Héverton no intervalo - deu um drible desconcertante em um adversário na área e cruzou para Christian tocar para a rede, de letra. Com o resultado, a Lusa supera temporariamente Santos, Santo André e São Paulo, com 27 pontos. O São Caetano segue com 17. Na maior parte do tempo, a partida não empolgou. No primeiro tempo, as duas equipes criaram poucas chances de gol. E na segunda etapa a marcação de ambas foi mais forte ainda.A noite de ontem teve ainda outros três confrontos. Em Ribeirão Preto, o Noroeste consolidou sua reação ao bater o Botafogo, por 3 a 1, e sair da zona de rebaixamento, com 13 pontos. Marinho foi o nome do jogo. Fez os três gols do time de Bauru, dois de pênalti - ambos muito contestados pela equipe local. André fez o gol do Botafogo, que segue com 15 pontos. Em Bragança Paulista, o Bragantino se reabilitou ao golear o Guaratinguetá por 5 a 1. Com isso, também se afasta da área de perigo, com 15 pontos. O Guará, com um time irregular neste ano, tem 14. Os gols do Bragantino foram marcados por Nunes (2), Gabriel, Pará e Marcelo Godri. Ricardinho descontou. Em Campinas, a Ponte Preta venceu o Ituano por 2 a 1. Os gols do time campineiro foram de Danilo Neco e Valmir (contra), um em cada tempo. Alex Afonso, em cobrança de pênalti, fez o gol do Ituano, que segue com 16 pontos. A Ponte Preta passa a somar 19 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.