Lusa defende série de 7 jogos sem derrota

Animado, time que venceu a primeira como visitante na quarta, no Olímpico, encara hoje o perigoso Internacional

O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2012 | 03h08

Embalada pela primeira vitória como visitante no Campeonato Brasileiro e sem perder nenhum jogo nas últimas sete rodadas, a Portuguesa quer manter a boa fase hoje, contra o Internacional, às 18h30 no Canindé.

Após um início irregular, o técnico Geninho parece ter colocado a Lusa nos trilhos. Nas últimas rodadas, o time conquistou três vitórias e quatro empates. A última vitória foi na quarta-feira, quando bateu o Grêmio, por 2 a 1. Resultado que deixou o time com 21 pontos, e o afastou dos últimos colocados.

Um dos destaques do último jogo, o lateral-direito Ivan será mantido entre os titulares. Isso porque o titular Luís Ricardo continua lesionado. "A gente está em um caminho bom, estamos todos focados, correndo sem vaidade, acho que estamos no caminho certo", afirmou.

O técnico Geninho deve fazer apenas uma modificação em relação ao jogo passado. O zagueiro Valdomiro retorna de suspensão no lugar de Rogério. "Neste momento, é importante fortalecer a base. Então vamos procurar mexer o mínimo possível", justificou o treinador.

A ideia inicial é manter a formação do meio, praticamente com quatro marcadores. Durante o jogo, no entanto, o técnico poderá colocar em campo Héverton, que possui características mais ofensivas. Ele vinha atuando nos últimos jogos no Canindé, contra adversários teoricamente mais fracos, como nas vitórias sobre o Náutico, por 3 a 1, e diante do Figueirense, por 2 a 0, além do empate, por 1 a 1 com o Botafogo.

Inter. Mesmo que ainda não conte com o meia D'Alessandro e o atacante Dagoberto, contundidos, o Internacional festeja a volta de outros quatro titulares para enfrentar a Portuguesa. O volante Ygor cumpriu suspensão na derrota para o Corinthians, por 1 a 0, na quinta-feira, e retoma sua posição, assim como o também volante Guiñazu e os atacantes Diego Forlán e Leandro Damião, que estavam servindo às seleções da Argentina, Uruguai e Brasil, respectivamente.

O Internacional pretende atacar o adversário, mesmo como visitante. O técnico Fernandão deixou para definir o time na hora do jogo, mas pode optar pela escalação do atacante Rafael Moura no lugar do meia Fred.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.