Lusa luta contra o calor e o Rio Claro, às 11 horas

Muitos torcedores ainda estarão dormindo e a Portuguesa já terá entrado em campo contra o Rio Claro, fora de casa. A campanha do adversário, com 6 pontos nas três primeiras rodadas, é boa. Mas o que mais preocupa a Lusa são os efeitos do horário da partida, às 11 horas."Mexe com a parte fisiológica do atleta", diz o preparador físico do time, Ronny Silva. Para evitar desgate maior, foi preciso alterar a rotina de alimentação, sono e treinamento. As constantes mudanças nos horários dos jogos - as sete primeiras partidas foram marcadas para horas diferentes - prejudicam a equipe. Após fazer o gol da vitória contra o São Caetano, o meia Ramón pode ser a novidade da Lusa. O técnico Vagner Benazzi confirma Osmar na vaga de Juninho.

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

26 de janeiro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.