Lusa quer tornar jogo único uma vantagem

Equipe, que enfrenta o São Paulo, domingo, acha que pode surpreender o melhor time da fase inicial do Estadual

, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2011 | 00h00

Os grandes times de São Paulo reclamam que a fase inicial do Campeonato Paulista não dá grande vantagem para os primeiros colocados. A Portuguesa quer mostrar, na prática, que eles estão certos. Apesar de ter se classificado na oitava colocação e enfrentar o líder, o time de Jorginho quer surpreender o São Paulo, na Arena Barueri, domingo.

"Vai ser uma decisão de um jogo só, onde tudo pode acontecer. Quem estiver mais concentrado com certeza vai vencer. Não é permitido errar", disse o goleiro Weverton, da Lusa.

O São Paulo terminou 13 pontos à frente da Portuguesa na primeira fase. Mas a única vantagem que conquistou com isso foi a garantia de jogar em casa o confronto único. Dividido entre duas competições - enfrenta o Goiás, quarta-feira, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil - pode estar menos concentrado do que os visitantes no domingo.

A Lusa joga todas as suas fichas nisso, principalmente depois de conseguir uma classificação que parecia impossível, com um gol de Ananias na vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo, no Canindé. "Estamos animados. Sabemos das dificuldades, mas temos ciência de que é possível vencer sim", garantiu o goleiro da equipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.