Lusa tenta repetir 2010 e embalar com clássico

A exemplo do ano passado, a Portuguesa estreia hoje no Paulista com um clássico. E contra o Corinthians, no Pacaembu, o time do Canindé tenta repetir o que fez há um ano, no Morumbi: a boa vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo na casa do rival embalou a equipe na abertura do Estadual.

, O Estado de S.Paulo

16 de janeiro de 2011 | 00h00

A Lusa ainda saiu invicta em clássicos na edição passada (empatou por 1 a 1 com Palmeiras, Corinthians e Santos), mas isso não a garantiu na segunda fase. Este ano, com oito vagas, as chances aumentam. Treinada por Sérgio Guedes, a Portuguesa aposta nos gols de Dodô e em um elenco cheio de novidades para chegar às quartas de final.

Durante a semana, Sérgio Guedes fez mistério e promoveu treinos com portões fechados. É provável, porém, a estreia do lateral Marcelo Cordeiro, ex-Botafogo, e do volante Ferdinando, contratado do Grêmio. O goleiro Juninho, ex-Paraná, e o meia Ivo, que atuava pela Ponte Preta, são boas opções para o banco.

Invencibilidade. A Portuguesa defende hoje invencibilidade de 8 anos contra o Corinthians no Pacaembu. A última derrota foi em 2002, quando perdeu por 5 a 2 pelo Brasileiro. De lá para cá, foram quatro jogos, todos pelo Estadual, com uma vitória da Lusa (2006) e três empates (2003, 2005 e 2009). "É clássico e terá todas as dificuldades que um jogo deste porte reserva", avisa Sérgio Guedes. "Independentemente disso, temos de jogar de igual para igual. É a estreia do campeonato e quem quer ir longe tem de mostrar o cartão de visita logo no começo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.