John Locher/AP
John Locher/AP

Luta de Mayweather movimenta US$ 1 bi em Las Vegas

Hotel MGM calcula um superávit em seu cassino, restaurantes e lojas de US$ 450 milhões somente na sexta e no sábado

WILSON BALDINI JR. - ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

12 de setembro de 2013 | 07h05

LAS VEGAS - A luta entre o norte-americano Floyd Mayweather e o mexicano Saul Canelo Alvarez vai movimentar cerca de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 2,4 bilhões), neste sábado, em Las Vegas (EUA). O Hotel MGM, que vai receber o combate, é o que mais festeja, cobrando três vezes mais caro uma diária nos seus 5.034 quartos, tomados por mexicanos e argentinos - ídolo na Argentina, o pugilista Lucas Mathysse fez a preliminar com o norte-americano Danny Garcia.

O Hotel MGM calcula um superávit em seu cassino, restaurantes e lojas de US$ 450 milhões somente na sexta-feira e no sábado. Já o sistema pay-per-view de transmissão pela tevê vai cobrar US$ 74,95 por uma assinatura da luta - como se espera que cerca de 2 milhões de assinaturas sejam negociadas, outros US$ 150 milhões serão arrecadados. Outro lucro garantido é o sistema de circuito fechado, que assegura uma venda de 25 mil ingressos, no valor de US$ 100 cada. Um carga de 20 mil bilhetes já está sendo negociada, devido à grande procura dos torcedores.

E o circuito de sistema fechado é a única alternativa para quem deixou para comprar as entradas na última hora. Nem mesmo cambistas são vistos na proximidade do Hotel MGM. Isso porque os quase 18 mil bilhetes para a programação de sábado na arena montada no local foram vendidos em poucas horas, proporcionando a marca recorde de US$ 19 milhões.

O canal Showtime, que detém os direitos de transmissão de TV para o mundo - inclusive para o Brasil, onde o SporTV promete a transmissão -, ainda não tem números finais, mas é certo que mais de 100 países receberão as imagens, com uma arrecadação de mais de mais US$ 150 milhões.

Os produtos licenciados dos pugilistas são outra fonte grande de renda para os organizadores e boxeadores. Espera-se que a venda de camisetas, bonés, pôsteres e luvas atinja os US$ 50 milhões, pois além dos pontos espalhados por Las Vegas, o fã pode adquirir sua recordação em vários sites pela internet.

Mas o Hotel MGM não é o único a ter um ganho extra com Mayweather x Canelo. Os cerca de 250 mil quartos disponíveis em Las Vegas estão tomados. Para se ter uma ideia, uma diária de US$ 75 passou para US$ 225 por causa da luta.

Floyd Mayweather é o campeão dos meio-médios do Conselho Mundial de Boxe (CMB), enquanto que Canelo é o dono do cinturão dos médios-ligeiros. O duelo foi marcado em um peso combinado (catchweight) - 152 libras (68,95 quilos) - para não favorecer nenhum dos lutadores. A categoria dos meio-médios tem como limite 147 libras (66,67 quilos) e os médios-ligeiros, 154 libras (69,8 quilos).

PRELIMINAR

Além de Mayweather x Canelo, a programação de sábado terá um duelo sensacional entre meio-médios: Danny Garcia (Estados Unidos) x Lucas Mathysse (Argentina). O sul-americano é apontado como o dono da maior pegada do boxe mundial na atualidade, enquanto que o pugilista dos Estados Unidos se destaca pelo espetacular gancho de esquerda, o que só aumenta a expectativa para a noitada bilionária em Las Vegas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.