Textual
Textual

Lutador americano é demitido e cancela combate preliminar do UFC Natal

Caso de agressão doméstica é levantado pela organização da franquia, que toma decisão drástica

O Estado de S. Paulo

23 de março de 2014 | 15h47

NATAL - O combate entre os pesos pena Diego Brandão e Will Chope, que aconteceria neste domingo no UFC Natal, está cancelado. De acordo com o jornal norte-americano Bleacher Report, Chope foi demitido do UFC após a organização do evento descobrir que o lutador foi expulso da Força Aérea dos Estados Unidos por agredir sua mulher em 2009. Devido à sua demissão, o brasileiro Diego Brandão, que o enfrentaria no card preliminar, receberá, além da bolsa normal, o bônus por vitória.

Em junho de 2009, Chope agrediu sua mulher após descobrir que ela o traía e foi punido pelo comandante de sua unidade. Em novembro daquele ano, após Chope insistir em visitá-la para ver sua filha, os dois discutiram e o lutador a agrediu novamente, chegando ao ponto de a ameaçá-la com uma faca. Ele foi afastado da Força Aérea durante cinco meses por "mau comportamento". Após o caso vir à tona, o UFC o demitiu por não "tolerar comportamentos desta natureza".

Pela sua página no Facebook, Chope pediu desculpas aos fãs. "Minha luta foi cancelada por causa de um erro que cometi há cinco anos. Eu peço sinceras desculpas aos fãs e vou fazer tudo o que posso para consertar isso. Falei com a minha ex-mulher por telefone e ela apoia o que estou fazendo e, juntos, vamos fazer um pronunciamento oficial assim que eu voltar aos Estados Unidos, na quarta-feira", escreveu o norte-americano.

OUTROS CASOS

Em fevereiro deste ano, outro lutador do UFC foi expulso da franquia de Dana White por agredir sua mulher. O brasileiro Thiago Silva foi preso pela polícia altamente especializada dos EUA, a Swat, após sua mulher denunciá-lo por agressão, porte de arma e uso de drogas. Segundo o presidente do UFC, Thiago Silva nunca mais pisará no octógono novamente.

Tudo o que sabemos sobre:
UFCMMAUFC Natal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.