Reprodução
Reprodução

'Lutas que entraram para a história'

Duelo entre Muhammad Ali e Trevor Berbick nas Bahamas, em 11 de dezembro de 1981

Wilson Baldini Jr., estadão.com.br

10 de dezembro de 2011 | 21h43

11 DE DEZEMBRO DE 1981 - NASSAU - BAHAMAS

SÃO PAULO - O mundo do boxe não queria mais ver em ação Muhammad Ali. Muita gente achava que o boxeador mais importante da história já apresentava sintomas de que estava doente. Mas o "Maior de Todos" insistiu e foi para as Bahamas, em Nassau, para enfrentar o canadense Trevor Berbick.

Ali ainda sonhava com a conquista do quarto título mundial dos pesos pesados. Mas, aos 39 anos, ele não tinha mais velocidade nas pernas e nos braços para atacar o rival e o reflexo para se esquivas dos golpes. Berbick venceu por pontos, depois de dez assaltos. Chegava ao fim a carreira de um mito dos ringues. Cujas vitórias jamais serão esquecidas.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeMuhammad AliTrevor Berbick

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.