Luxemburgo critica Caio Jr.

Santista reclama de pressão do rival sobre o árbitro

Sanches Filho, O Estadao de S.Paulo

12 de outubro de 2007 | 00h00

Vanderlei Luxemburgo não vê motivo para o técnico do Palmeiras se preocupar com a arbitragem no clássico com o Palmeiras, amanhã à noite, na Vila Belmiro. Ao contrário: insinuou que o comportamento do técnico adversário é coisa de iniciante. ''''Também comecei minha carreira muito preocupado com juiz'''', afirmou. ''''Isso cria um clima ruim, principalmente em clássicos. Todas as equipes tiveram prejuízos importantes com erros de arbitragem e não apenas o Palmeiras'''', contra-atacou o técnico santista.Embora reconheça que Valdivia pode desequilibrar, no jogo de amanhã, Luxemburgo não vê necessidade de destacar um jogador para fazer marcação especial sobre o chileno.''''O Santos marca por setor e não vai mudar'''', adiantou o treinador santista. ''''Valdivia é um grande jogador, mas que pode ser marcado sem violência e a falta faz parte do jogo. Caio Júnior fala de marcação como se Valdivia não pudesse ser marcado. O que posso adiantar é que vamos fazer uma marcação normal do futebol e que a nossa cabeça está voltada para fazermos um grande jogo.''''Como de hábito, Luxemburgo não confirmou o time para o clássico. ''''Se falar alguma coisa, estarei morto, porque o Caio Júnior troca de óculos toda hora, está atento e presta muita atenção em tudo'''', brincou. Sem outras opções, deve confirmar Baiano e Alessandro nas laterais. Os dois foram titulares durante todo o coletivo de ontem e em alguns momentos trocaram de posição, como pediu o treinador . A surpresa do time foi a entrada de Moraes no ataque ao lado de Kléber Pereira, que está sem fazer gols desde 5 de setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.