Luxemburgo nega vingança contra o zagueiro Domingos

Vanderlei Luxemburgo negou ter afastado Domingos para se vingar da atitude do zagueiro no segundo jogo das semifinais do Campeonato Paulista, quando teria entrado em campo nos minutos finais apenas para provocar a expulsão do palmeirense Diego Souza. "Não há perseguição e muito menos revanche como chegaram a insinuar alguns maldosos e covardes."

Sanches Filho, O Estadao de S.Paulo

12 de setembro de 2009 | 00h00

O técnico disse que não considerou acidente o lance em que Domingos quebrou a perna de Rafael, 4º goleiro, no treino de quarta-feira. "Foram casos sérios e pontuais de seu destempero dentro do clube que me obrigaram a tomar a decisão de afastá-lo. Esse tipo de coisa não cabe dentro do nosso projeto. Ele foi liberado para buscar outra situação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.